quarta-feira, 2 de maio de 2012

PROJETOS

Projetos das turminhas de Jardins A e B da 
EMEI Mamãe Coruja!!



PROJETO “XÔ CÁRIE!!”
  
Professora: Viviane
Monitora: Kátia
Estagiários: Valter e Gabryella
Turma: Jardim B
Tema: Higiene Oral
Período de realização: 30 dias, aproximadamente

JUSTIFICATIVA

         O Projeto “Xô Cárie!!” pretende conscientizar para hábitos corretos de higiene bucal através de atividades lúdicas e orientações coerentes à faixa etária da turma Jardim B.
Entendemos que, quando o aluno percebe que tais hábitos o ajudam a viver melhor, sem dúvida ele estará motivado a colocá-la em prática com regularidade. Pretendemos com este projeto buscar a parceria das famílias para que as crianças possam praticar os cuidados com a higiene oral de maneira correta também em casa, especialmente neste momento em que as crianças estão iniciando a fase da troca da dentição. Isso fará com que nós educadoras sejamos mediadoras entre aluno/família, renovando e incentivando o interesse em praticar corretamente os hábitos de higiene bucal.

OBJETIVOS

*Reconhecer a necessidade de adquirir bons hábitos de higiene bucal;
*Conscientizar para a importância do uso correto da fita, escova e creme dentais;
*Identificar os objetos de higiene bucal;
*Perceber a importância dos alimentos para o fortalecimento dos dentes.

ATIVIDADES

Debate sobre os cuidados com os dentes, procurando sondar o que a turma já sabe e o que deseja saber;
Pesquisa: o que é e como surge a cárie?
Demonstração da maneira correta de escovar os dentes (lembrar que escovar a língua também faz parte da higiene bucal);
Vídeos educativos infantis curtos (youtube):
*Cuidados com os Dentes, com Dra. Ruth Helena (programa infantil de São Paulo   TVLISÃO);
*O Rei Cárie (teatro);
*Castelo Rá-Tim-Bum: Ratinho escovando os dentes;
*Os Verdinhos em “A Escovação”;
*Saúde Bucal Infantil – Ministério da Saúde;
*Animação em 3D – Formação da Cárie;
*Animação em 3D – Arcada Dentária;
*O Uso do Fio Dental – Johnson e Johnson.

Construção do painel coletivo “Sorriso Saudável” (escova de dente + creme dental + fita dental = sorriso saudável) com desenhos dos alunos;
Construção do painel coletivo “Você sabe de quem é esse sorriso?”, com fotos dos alunos;
Confecção do Bocão, com caixa de papelão, EVA e tinta;
Quadrinha popular: “ANDORINHA, ANDORINHA, / LEVA EMBORA O MEU DENTINHO, / MAS DEPOIS VOLTA CORRENDO / TRAZENDO UM NOVO BRANQUINHO.”
Mostrar livros e gravuras da arcada dentária;
Hora do conto abordando o assunto;
Confecção da arcada dentária com argila e tinta;
Gráfico com as quantidades dos cremes dentais favoritos na turma;
Convidar um profissional (dentista) para tirar nossas dúvidas e realizar atividades de orientação e cuidados com os dentes através de demonstração lúdica;
Recorte, colagem e montagem de história em seqüência lógica abordando o tema (atividade da Coleção Dente de Leite Vol. 2, pg. 80);
Desenhando a seqüência (atividade da Coleção Dente de Leite Vol. 2, pg. 79);
Jogos e atividades lúdicas.

AVALIAÇÃO
Será contínua, realizando-se ao longo do projeto através de observações e registros sobre a participação dos envolvidos nas atividades.


PROJETO “COMER, COMER... É O MELHOR PARA PODER CRESCER!”

Turma: Jardim A
Educadores: Viviane Michaloski, Jaqueline Sherf, Gabriela Pazini e Rodrigo Silva
Tema: Alimentação
Duração: 2 meses aproximadamente


JUSTIFICATIVA
           “A alimentação é o requisito primeiro da dignidade humana. E se aprofundarmos a análise, o equilíbrio nutricional significa a base sobre a qual se assentam os objetivos da evolução humana de uma sociedade, a começar pela educação. A aprendizagem tem tudo a ver com a qualidade alimentar desde a primeira infância.” (Paulo Fernandes Tigre)

            As crianças do Jardim A apresentam resistências em experimentar determinados alimentos, em especial frutas, legumes e verduras. Com base nestas observações, faz-se necessário pensarmos em atividades estimuladoras dentro deste projeto, cujo tema é a alimentação. Nosso objetivo, junto ao serviço de nutrição, é abordar e discutir assuntos relacionados à alimentação saudável ampliando os conhecimentos dos educandos sobre o tema, bem como conscientizar as crianças sobre a importância de nutrirem-se devidamente utilizando frutas, verduras, cereais, etc. para propiciar um desenvolvimento saudável e prevenir doenças.

OBJETIVOS

*Incentivar o consumo de alimentos saudáveis;
*Identificar as preferências alimentares dos alunos;
*Conscientizar os alunos sobre a importância e os motivos pelos quais nos alimentamos;
*Reconhecer os alimentos que fazem bem à nossa saúde;
*Identificar cores, textura e os diferentes sabores dos alimentos.

ATIVIDADES

*Para começo de conversa: socializando sobre os alimentos prediletos da criançada; discussão com o grupo sobre quais alimentos são mais importantes para nossa saúde; *Recorte, colagem e classificação dos alimentos: alimentos saudáveis / alimentos que podemos comer de vez em quando;
*Culinárias (pão, saladas de frutas, bolo);
*Degustações de alimentos;
*Exploração dos alimentos (frutas, verduras, legumes) quanto às cores, tamanhos, espessuras, paladar e odor utilizando os sentidos;
*Observação e desenhos de alimentos;
*Carimbos com batata;
*Desenhos, pinturas (tinta guache, cola colorida, giz de cera, lápis de cor...) e modelagens (argila e massa de modelar);
*Tintas naturais utilizando café, beterraba, couve e outros...;
*Montar uma mini horta com garrafas pet, utilizando hortaliças de pequeno porte;
*Teatros com recursos diversos (fantoches, bonecos, livros...);
*Dramatizações realizadas pelas crianças;
*Músicas;
*Filmes sobre alimentação (Charlie e Lola; Zuzumbalândia);
*Jogos pedagógicos sobre alimentação no blog Educação Infantil e Cidadania;
*Jogos, brinquedos e brincadeiras envolvendo alimentação;
*Experiências com alimentos;
*Construção da pirâmide alimentar;
*Derivados do leite: trazer para sala queijos, leite e iogurte e explorar a importância desses
alimentos;
*Piquenique saudável;
*Pesquisa com o auxílio das famílias sobre a origem dos alimentos;
*Atividades com rótulos de embalagens de alimentos: utilizar as embalagens trazidas pelos alunos e montar um mural com informações sobre cada alimento;
*Poesias e adivinhas;
*Confecção de caderno de receitas para levar para casa.

CONTEÚDOS

*Alimentação saudável;
*Origem dos alimentos (animal, vegetal e mineral);
*Vitaminas, onde elas se encontram e seus benefícios para nossa saúde;
*Higiene dos alimentos;
*Matemática (quantificação, classificação, seriação, relação termo a termo);
*Linguagem oral, escrita e corporal;
*Motricidade ampla e fina.


SUBSÍDIOS EDUCATIVOS

*LOCKMANN, Adriana da Silva. Jogos de Ensinar – instrumentos de ensino e aprendizagem  na educação alimentar. Editora Nova Prova: Porto Alegre, 2010.

*Revista de Atividades e Receitinhas do Pica-Pau. Editora Alto Astral: São Paulo, 2012.

*Revista Receitas Divertidas Disney na Cozinha. Editora Alto Astral: São Paulo, 2012.


AVALIAÇÃO

     A avaliação será contínua, através de observações e registros acerca da participação dos alunos nas atividades do projeto e dos objetivos alcançados.








PROJETO CULTURAL
“PORTO ALEGRE: CONHECER, CUIDAR E AMAR AS RIQUEZAS QUE ELA TEM”




PROFESSORA: Viviane Michaloski
TURMAS: Jardins A/B (faixa etária de 3 a 5 anos).
DURAÇÃO: 1 semestre aproximadamente
ANO: 2012

JUSTIFICATIVA

            As turmas de Jardins A e B, com idades entre 3 e 5 anos, participarão no transcorrer deste ano de 2012 do PROJETO CULTURAL “PORTO ALEGRE: CONHECER, CUIDAR E AMAR AS RIQUEZAS QUE ELA TEM”. O intuito é fazer com que as crianças conheçam a História de Porto Alegre através de fotos, literatura, documentários, pesquisas e passeios de modo que identifiquem quais as riquezas que nossa cidade possui. Por exemplo: nossos pontos turísticos, teatros, museus, parques, praças, nosso Guaíba, nosso povo, a miscigenação, cultura e nossos costumes. Além da miscigenação, também enfocaremos sobre as etnias indígenas que aqui vivem, realizando a interligação com o Projeto “Entrelaçamentos Culturais”.
            Dentro de nossas atividades envolvendo Porto Alegre e a sensibilização acerca dos cuidados para com nossa cidade, entrará também o Projeto “Coletivos Verdes”, que é uma iniciativa da SMAM e tem o objetivo de introduzir conceitos de educação ambiental e de cidadania no dia a dia de nossas crianças, priorizando a identificação de praças que apresentem escolas no entorno para cuidados e revitalização. Nós adotamos a Praça Jaime Telles que fica ao lado de nossa escola e realizaremos atividades coletivas para sua revitalização junto às demais turmas de nossa EMEI e ao Jardim de Praça Girafinha.

           
OBJETIVOS

  • Apresentar a cidade de Porto Alegre às crianças a partir da sua história, de suas origens;
  • Resgatar a memória do cotidiano da cidade recente e de tempos passados, realizando um paralelo;
  • Despertar nas crianças o interesse pela nossa cultura e o desejo de participar dela;
  • Refletir sobre a historicidade como processo que se renova a cada dia;
  • Contribuir para que as crianças possam perceber-se como cidadãs, ou seja, como pessoas responsáveis pela construção e reconstrução histórica;
  • Estimular a pesquisa, a criação, a experimentação, a observação, a curiosidade e as descobertas;
  • Envolver as famílias no processo de pesquisa e descobertas acerca dos assuntos estudados;
  • Conhecer as etnias indígenas que vivem em nossa cidade, seus costumes, sua cultura e sua história;
  • Desenvolver o senso valores como: de ética, respeito e solidariedade;
  • Criar um espaço de convivência que propicie interações espontâneas e desprovidas de preconceitos;
  • Sensibilizar as crianças acerca da importância dos cuidados para com nossa cidade, nossas praças, espaços públicos e a natureza;
  • Realizar atividades de revitalização da Praça Jaime Telles;
  • Promover exposições dos trabalhos produzidos pelas crianças e apresentar à comunidade escolar.


ÁREAS DO CONHECIMENTO

  • Artes Visuais;
  • Ciências;
  • Geografia;
  • História;
  • Informática;
  • Natureza e Sociedade;
  • Música;
  • Movimento;
  • Linguagem oral e escrita;
  • Matemática.


TEMAS TRANSVERSAIS

  • Ética e cidadania;
  • Pluralidade Cultural;
  • Educação Ambiental;
  • Conhecimento de Mundo;
  • Saúde.


ATIVIDADES

  • Roda de conversa para iniciar: diagnóstico – o que sabemos e o que queremos saber sobre nossa cidade; que lugares conhecem e o que nossa cidade contém;
  • Pesquisa envolvendo pais e crianças: trazer materiais diversos sobre Porto Alegre a partir de jornais, revistas e internet. Destacar a semana do aniversário de Porto Alegre, seus pontos turísticos, etc. Levantamento dos lugares onde nossos alunos costumam passear com as famílias;
  • Socialização dos materiais trazidos pelos alunos, confecção e exposição de cartaz com os recortes sobre nossa cidade;
  • Vamos bater um papo? O que é um Bairro? O que é Rua? Socialização sobre Bairros e Ruas onde moramos: nome do meu bairro, da minha rua e o que tem lá!
  • Vamos desenhar! “O que tem nas ruas de Porto Alegre?”
  • Construção de um livro sobre a história de Porto Alegre, resgatando o surgimento da cidade e os povos que a fundaram;
  • Hora de cantar! Conhecer, ouvir e cantar as músicas existentes sobre Porto Alegre;
  • Nossa cidade tem bandeira! Vamos conhecê-la! Quantas cores ela tem? Tentativa de escrita do número;
  • Conhecer algumas curiosidades sobre nossa cidade e assistir aos vídeos “Fotos da Antiga e da Atual Porto Alegre” – site http://bairrosdepoa.blogspot.com.br/ e fazer um paralelo;
  • Distribuir às crianças uma ficha com o nome de nossa cidade para que observem se há letras iguais às de seus nomes;
  • Trabalhando com mapas: conhecendo o mapa do RS e localizando Porto Alegre;
  • Construção do mapa de nossa sala de aula, utilizando caixinhas de vários tamanhos;
  • Jornal na sala de aula: por dentro das notícias da cidade – leitura e discussão;
  • Confecção coletiva de maquete da cidade com materiais diversos;
  • Passeio à Usina do Gasômetro: “Festival de Cinema Infantil”; caminhada próximo ao Guaíba para apreciação da paisagem;
  • Passeio Turístico: conhecendo nossa cidade.
  • Porto Alegre e Entrelaçamentos Culturais – os Índios que vivem em nossa cidade:

            Em Porto Alegre vivem três povos indígenas (Guarani, Kaingang e Charrua). Cada um deles tem identidade própria: cultura, língua, crenças e costumes. A fonte de subsistência dos Guaranis e Kaingangs são o artesanato e o cultivo de pequenas roças.
Kaingang: cestarias confeccionadas a partir do cipó e da taquara; coleta de ervas e alimentos nos campos e matas da região.
Guaranis: produzem esculturas em madeira e cestarias com fibras de  taquara. Também cultivam espécies de uso alimentar (batata, feijão, milho, amendoim, cana de açúcar, abóbora) e fumo.
Charruas: produzem artesanato e projetam o cultivo e a criação de pequenos animais como uma atividade produtiva que pretendem efetivar.

  • Exploração da Caixa de Memórias Indígenas (pertencente ao Museu da UFRGS);
  • DVD: Os Seres da Mata e Suas Vidas Como Pessoas;
  • Modelagem e pintura de objetos indígenas com argila e guache;
  • Vídeo “Brincando na Aldeia”: http://www.youtube.com/watch?v=bUckQ2ZUWWA
  • Paralelo entre o índio da mata e o índio urbanizado;
  • Contar a História do descobrimento e os primeiros habitantes do Brasil;
  • Histórias sobre a Cultura e lendas Indígenas:


  1. Tereza e Serena: duas meninas – de Rossana Ramos – Editora Cortez.
  2. Histórias Encantadas Indígenas – de Ingrid Bellinghasen – Editora Cortez.
  3. O Curupira e os animais da floresta – de Ingrid Bellinghausen – Editora Cortez.
  4. Coisas do Folclore – de Nelson Albissú – Editora Cortez.



CULMINÂNCIAS

AVALIÇÃO
            A avaliação será realizada de forma contínua, através de observações, registros, pesquisas, questionamentos, expressão oral e produções dos alunos, bem como a participação das famílias junto às crianças nas tarefas a serem solicitadas.



PROJETO: IDENTIDADE, AUTONOMIA E DIVERSIDADE

Professora Viviane Michaloski



Nível: Jardins A/B
Faixa etária: 3 a 5 anos                                       
Duração: Um semestre, aproximadamente
Ano: 2012                                                                                                                                                                                                                                               
JUSTIFICATIVA:

Este projeto foi idealizado partindo da necessidade de proporcionar aos alunos um conhecimento mais amplo de si mesmo, com enfoque nas áreas cognitivas, sócio-afetiva e corporal, inseridos dentro do atual contexto sócio-histórico, além conhecer a função da escola dentro da sociedade.
O nome próprio pode ser considerado como uma palavra singular muito diferente das outras em muitos aspectos e é parte da pessoa, da sua própria identidade.
As atividades sugeridas possuem o intuito de explorar as particularidades de cada um e, deste modo, levarão as crianças a conhecerem a si mesmo, compreendendo que têm uma identidade e que fazem parte de um conjunto de pessoas tanto em casa, como na escola e na comunidade.

OBJETIVOS:

Ø      Proporcionar ao aluno a apropriação de sua identidade;
Ø      Conhecer a história e o significado de seu nome;
Ø      Identificar as partes do corpo humano e os órgãos dos sentidos;
Ø      Compreensão de valores;
Ø      Respeito a si próprio, aos colegas e às diferenças;
Ø      Desenvolver conceitos de semelhança e diferença;
Ø      Aquisição de novas formas de relações;
Ø      Promover a socialização entre as crianças e entre a família e a escola;
Ø      Identificação de si mesmo, do próximo, do ambiente que vive e do ambiente escolar;
Ø      Aprender sobre sua história de vida e de seus colegas a partir de relatos pessoais e de familiares;
Ø      Participação em pesquisas;
Ø      Exploração de retratos;
Ø      Compartilhar experiências vividas.

ATIVIDADES:

Ø      Meu nome (tenho nome e sobrenome, história do meu nome, seu significado, as letras do meu nome, leitura e escrita do nome, quantas letras tem...);
Ø      Esquema corporal;
Ø      Auto – Retrato (me olhando no espelho vejo como sou);
Ø      Órgãos dos sentidos;
Ø      Coisas que eu gosto (particularidades como cores, frutas, pratos, brincadeiras, animais de estimação...);
Ø      Onde moro (casa ou apartamento);
Ø      Meu endereço;
Ø      Minha família;
Ø      Mural de fotos das famílias;
Ø      Árvore genealógica;
Ø      Minha escola;
Ø      Meu colega é diferente de mim;
Ø      Igualdades e diferenças no grupo, (cor dos olhos, cabelos, altura, etc.);
Ø      Confecção de carteira de identidade.
Ø      Sentimentos (coisas que me deixam alegre, triste, bravo, etc.)
Ø      Trabalhando com mapas;
Ø      Seqüência numérica;
Ø      Contagem;
Ø      Função dos números;
Ø      Grafia de números;
Ø      Leitura de números.
Ø      Qual é o número do meu sapato?
Ø      Minha altura;
Ø      Meu peso;
Ø      Quantos anos eu tenho;
Ø      Quantas pessoas moram na minha casa;
Ø      Gráficos da turma;
Ø      Rodas de conversas;
Ø      Parlendas;
Ø      Advinhas;
Ø      Trava – línguas;
Ø      Histórias;                                    
Ø      Desenho;
Ø      Pintura;
Ø      Recorte e colagem;
Ø      Modelagem;
Ø      Apreciação de obras de artes;
Ø      Circuitos;
Ø      Brincadeiras;
Ø      Motricidade ampla e fina;
Ø      Histórias seriadas
Ø      Interpretar músicas infantis,
Ø      Ouvir músicas clássicas e populares.

                                                              
CULMINÂNCIA:
                                                                                   
Exposição de trabalhos e confecção do álbum da identidade.


AVALIAÇÃO:

         A avaliação ocorrerá ao longo do projeto de forma diagnóstica, através da observação e relatos.



PROJETO “RECREANDO E ADAPTANDO”



Professora Viviane Michaloski

TEMA: Ludicidade e Adaptação
TURMA: Jardins A/B
PERÍODO DE REALIZAÇÃO: Fevereiro e março de 2012

JUSTIFICATIVA

Nossos alunos estão retornando das férias, cheios de expectativas para reencontrar os amigos, mas também trazendo inseguranças em se separarem novamente dos pais para se readaptarem ao ambiente escolar.          Novos professores, nova sala e também alguns novos colegas são fatores que deixam os nossos pequenos inseguros e ansiosos. Deste modo, pretendemos oferecer às crianças um ambiente agradável e acolhedor, a fim de que através das atividades recreativas propostas, possam se (re)integrar de maneira divertida.
            As crianças necessitam do lúdico para que possam lidar com suas emoções, tensões, dificuldades e desafios, pois é brincando que elas fazem suas elaborações acerca de tudo que vivenciam em suas relações com o ambiente.

OBJETIVOS

  • Favorecer um ambiente agradável, divertido e rico em estímulos, onde a criança poderá conhecer e vivenciar experiências;
  • Proporcionar um ambiente acolhedor e seguro, visando o bem-estar do educando a fim de este possa manifestar suas emoções e necessidades;
  • Que a criança sinta-se acolhida como um indivíduo, se reintegrando à dinâmica da escola;
  • Estimular a interação entre as crianças e educadoras através das atividades e brincadeiras.


ATIVIDADES:
  • Brincadeiras com balões;
  • Atividades com jornais;
  • Bolhinhas de sabão;
  • Banhos de piscina em dias de muito calor;
  • Culinárias (sucos de frutas, salada de frutas ou gelatina; oficina de sacolé...)
  • Cinema e pipoca;
  • Brincadeiras diversas na sala, pátio ou ginásio: dança da cadeira, estátua, dança das caveiras, mímica, telefone sem fio, elefante colorido, seu mestre mandou, rodas cantadas, parlendas...;
  • Circuitos, utilizando bolas, cordas, e outros recursos para montar obstáculos (ver o que tem na escola);
  • Pintura livre com guache;
  • Piquenique na pracinha;
  • Histórias com fantoches;
  • Manuseio de brinquedos e jogos da sala;
  • Manuseio de livros de histórias;
  • Oficina de massa de modelar caseira.

RECEITA DA MASSA DE MODELAR CASEIRA PARA CRIANÇAS

Você vai precisar:
04 xícaras de farinha de trigo
01 xícara de sal
1 1/2 xícara de água
1 colher (sopa) de óleo
Corante alimentício de várias cores ou pó para suco na cor desejada.

Modo de fazer:
Misture tudo muito bem, amassando com as mãos. Separe por cores e guarde em sacos plásticos para que durem por mais tempo.


AVALIAÇÃO
  • Demonstração de segurança por parte da criança e dos pais na hora da separação;
  • Familiarização e (re) integração da criança na escola.




3 comentários:

  1. Olá pessoal! A Turma da Clarinha agora possui uma página no Facebook e um canal no YouTube onde vocês poderão acompanhar as novas informações e vídeos sobre educação ambiental. Curta e inscreva-se para não perder nada!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obaaa!!! Mais um recurso para nossa aprendizagem sobre educação ambiental!! Obrigada!! Nossas turminhas vão adorar a novidade! E agradecemos pela visita!!!!

      Excluir
  2. tem muitas coisa legais que dá para práticar com as crianças.

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...